“Volta-te, Senhor!”

"Quando desceu Moisés do monte Sinai, tendo nas mãos as duas tábuas do testemunho, sim, quando desceu do monte, não sabia Moisés que a pele do seu rosto resplandecia, depois de haver Deus falado com ele." Êxodo 34.29

A piedade inconsciente é algo maravilhoso. Ela é o irromper do esplendor da glória de Deus em uma vida humana. E esse esplendor é irradiado inconscientemente, porque é uma obra do Espírito Santo; não é o "eu" disfarçado religiosamente se tornando perceptível.

Qual é o alvo da nossa santificação pessoal? O alvo de Moisés era o Senhor. Vivendo na presença do Senhor, ele irradiava a glória de Deus. Sua face brilhava porque ele permanecia persistentemente na presença de Deus. "…E lá permaneceu quarenta dias e quarenta noites." Poderia-se dizer: "Este homem realmente tomou tempo para ter comunhão com Deus." Mas é muito mais admirável a imensidão de tempo que o Senhor toma a fim de revelar Sua glória e Seus pensamentos a cada pessoa individualmente, a cada um que, como Moisés, anseia por isso. Sem dúvida, Moisés seria o primeiro a ter motivo para ficar nervoso e dizer: "Não tenho tempo, pois milhares de pessoas esperam por mim." Mas ele perseverou na presença do Senhor.

Extraído do livro "Pérolas Diárias" (de Wim Malgo)

Anúncios

About jussarajuba

"Senhor me faça forte pra continuar, não me deixe fraquejar. Me guie onde eu for, me livre do perigo, do meu caminho afaste o inimigo!"
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s